Todos os Direitos Reservados © Fata Morgana SPA

30 de outubro de 2008


Imagem de Victoria Frances

Sou a paz dos outros. Daqueles que chamo os outros, apenas. Quantas vezes fico a ouvi-los descrever a calma e a serenidade que lhes transmito; contar como junto de mim se sentem mais tranquilos. E perguntam-me coisas, como se eu tivesse respostas e eu respondo como posso, mesmo sem poder.
Pasmo dessa paz que dou sem jamais perceber como será possível dar o que não tenho.
Dentro. Procuro no mais profundo ermo de mim mesma e não há.
Depois olho para os meus amores, os que são comigo desde sempre e para sempre comigo serão; aqueles que absorvo e em que me dissolvo, uma coisa e outra a um tempo... e tampouco neles vejo paz!
É esta maldição que me fustiga e atormenta.

© Fata Morgana

17 comentários:

akasha disse...

Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!


KISSES.

bat_trash disse...

As águas do rio também transmitem paz, mas só na superfície.;)
Saudades.

Bat Kiss.

Rute disse...

O poeta, afinal de contas, é um fingidor. Ou não? Sem maldade nem malícia...

Morgana La Folle disse...

Akasha,

Obrigada e bom Beltane! (acho que é Beltane, ao sul :)

Beijos**


________________________


Bat,

Sim, os que conhecemos superficialmente e aqueles com quem vamos mais fundo...

Beijo e saudades (ainda as não matei, só tenho dado por aqui umas espreitadelas apressadas!)

_______________________


Rute,

claro que é um fingidor. Mas que "chega a fingir que é dor a dor que deveras sente".

E o meu "comboio de corda que se chama coração" anda muitas vezes maltratado por mim.

bat_trash disse...

Agora tu me pegaste, sei que o equinócio da Primavera foi no dia 22 de Setembro(Ostara), mas acho que estás certa. Estou começando a ler sobre Wicca recentemente e ainda faço muito confusão.

Beijos.

Gotik Raal disse...

Morgana,
Numa outra leitura do bom exemplo do rio, de bat_trash, a paz pode estar também no mais fundo das águas, no âmago, na simplicidade do apenas sêr. Empresta alguma calma da superfície do rio aos outros, então, mas sem que te a levem, a tua.

Um belo texto, como todos os teus.
Gotik Raal

Luisa Paula disse...

Pois é... dar paz aos que precisam e colher deles algumas "dores" não é missão para qualquer um e ambas sabemos isso :)
Beijos

a.m disse...

A paz está no interior, muitas vezes estamos tão aterefados à sua procura que nem reparamos que ela está ali.
Recomendo um filme que vi à pouco tempo e que me ajudou muito: "Peaceful Warrior"

Morgana La Folle disse...

Bat,

A princípio faz confusão. Depois habituas-te e passa a dar um sentido bem especial ao "calendário" vigente, tão sem graça :)

Beijos

____________________


Gotik,

Sim, mas não queria guardá-la, a paz, só para mim. Quero transmiti-la aos meus.

Obrigada pelo elogio.

_____________________


Luisa Paula,

:)
bom ver-te por aqui.

Beijos*

_____________________


a.m,

Bem-vinda e obrigada pela recomendação.

A paz no interior, perdida nas tempestades. Às vezes até sabemos que lá está mas não conseguimos senti-la com tanta ventania e nevoeiro. Gelamos.

bat_trash disse...

A Akasha fez uma colinha pra mim do calendário Celta...JAJAJAJAJA!
Publiquei agorinha um poema da Biazinha em homenagem ao nosso irmão viúvo lenhador e psicopata. LOL!

Bat Kiss.

Morgana La Folle disse...

E eu já visitei as duas! ;)

Dark kiss

Vertigo disse...

é indescritível a emoção que se sente quando transmitimos good feelings aos outros.mas sempre sem nos esquecermos de nós.

um beijo

mariazinha disse...

Sei bem o que dizes. Já era assim na adolescência, e por dentro, sempre em revolução.

beijo*

Blood Tears disse...

A empatia po ser uma maldição, mas encaro-a como uma benção.... O dar de nós e ver que apesar do nosso caos alentamos esperanças.... :)

És uma Musa inspiradora, como sempre!

Blood Kisses

Morgana La Folle disse...

Vertigo,

um bom conselho.
E ficam prometidas as crónicas da Morgana em tentativa de guardar em si alguma paz. Creio que se vai notar por aqui se é ou não bem sucedida :))

Obrigada e beijos*

----------------------

Mariazinha,

Porque será que não me admiro? ;)

Beijos*

----------------------

Blood Tears,

A maldição não é a empatia. É o não dar paz a quem mais queria dá-la; e não a ter em mim.

Beijos*

Paradoxos disse...

dia de ausência em que a audiência interior nos aplaude de braços cruzados e...

"É esta maldição que me fustiga e atormenta"


teu beijo - teu leitor!!

Eduardo

Morgana La Folle disse...

Edu,

:) também tu...

Beijo grande*