Todos os Direitos Reservados © Fata Morgana SPA

8 de outubro de 2008

Imagem de Liliana Sanches

Os passos e os gestos eram estranhos, não faziam sentido. Era como se seguisse as voltas complicadas de um morcego invisível, mas depois dobrava-se e balouçava os braços, como a sentir-lhes o peso, e afinal erguia-os, pois não pesavam nada, e parecia afagar recordações quase desvanecidas. Abria as mãos, de palmas voltadas para cima, qual pouso diurno de pirilampos, fazia movimentos gentis como se os não quisesse despertar. E erguia o rosto, de olhos fechados e sorriso indefinível, às vezes um ligeiro tremor nas pálpebras.

- Que fazes Morgana?

Ela não ouviu. Mas parou imediatamente, sentindo a presença. Deixou-se ficar muito quieta, de olhos fechados e mãos abertas. As pálpebras já não estremeciam.
De repente pareceu aborrecida. Encolheu os ombros com modos desabridos.

- Vai-te embora. Assim que chegaste a chuva foi-se!
- Não sejas louca, não estava a chover. Além disso, estás dentro de portas!

Ela abriu os olhos e encarou a criatura.

- Aqui chove quando eu quero, sabes? Só que a chuva não gosta de ti. Nem eu, por isso vai-te.


© Fata Morgana

31 comentários:

bat_trash disse...

Estava me seguindo, não é? Sou exímia na dança da chuva...:)
A água da chuva é benéfica, é fertilizante, dá vida. A chuva é filha das nuvens e das tempestades, e está relacionada com elementos do fogo e da água. Ela é um lago no céu.
Aqui chove quando eu quero, sabes? E chove muito?
Bat Kiss.

bat_trash disse...

PS:Eu estava aqui em sua casa e tu na minha. LOL!

Morgana La Folle disse...

Bat,

Eu sou muito ligada aos elementos.

E já respondi: chove quando eu quero!
:))

Dark kiss

PS. Podíamos ter-nos cruzado no caminho, mas não. Porém, eu entrei na mesma e gostei do que lá vi!

bat_trash disse...

Essa imagem é por Liliana Sanches do Flog Meia Noite: fotolog gó.Pego muitas imagens ali. Agora mesmo eu estava lá procurando uma que tenha espelho e deparei-me com esta imagem.

bat_trash disse...

Eu devo ser maluca, pois adoro comprar velas coloridas. Daí acendo uma vela, incenso, coloco uma plantinha junto, copo d'água e alguns cristais.Mas não professo de religião alguma. Não sei porque faço isto, porém, confessor que gosto desse ritual. Algumas vezes coloco música instumental. Outras prefiro o silêncio. Na maior parte das vezes escrevo nesse rito. Toda vez que acabam as velas ou incenso, eu nem preciso falar nada. Minha mãe renova meu estoque.

Morgana La Folle disse...

Obrigada pela informação, Bat :)

Não acho que sejas maluca por realizares um ritual teu, de que gostas. Pelo contrário, penso que é uma coisa interessante e, pelos vistos, produtiva.

Grande bat-kiss!

mariazinha disse...

também danço de olhos fechados...
:)

beijo*

Morgana La Folle disse...

:)

dançar de olhos fechados é quase tão bom como voar!

Beijo*

bat_trash disse...

Eu voô de olhos fechados.:P
Estou quase pirando por não conseguir uma imagem pro texto de amanhã> aliás, consegui uma, porém, ainda não é o que quero.

Morgana La Folle disse...

LOL Morcega pirada! Hoje é melhor não sair à rua, então!!!

:))

Boa sorte para encontrar essa imagem!

Gotik Raal disse...

Morgana,
A forma como isto te flui (assim parece e não te imagino muito a roer a ponta do lápis) e a este nível, é especial. É bom ser capaz de criar mundos que transcendem portas e paredes, os limites desta dimensão a um tempo tão real e fictícia - e ser capaz de os habitar, esses mundos tão fictícios quanto reais. Acho que és.

Ruela disse...

uma dança de olhos fechados a outra está pirando por causa de uma imagem lollllllllll

isto está a ficar estranho ;)

mas não estranho o teu texto.

bjs.

Morgana La Folle disse...

Gotik Raal

é verdade que não roo a ponta do lápis... O que está dentro sai, ou não. Se sair, é como vês; se não sair, fico muito calada e contemplativa, e aí sim, roo, mas é as unhas (já sei, é uma vergonha).

PS. Julguei que me ias responder hoje, lá :/ Estou mortinha por saber aquilo que te perguntei a respeito dos sons, porque também faço umas "graças" desse género, mas não tão boas como a que lá tens.

--------------------

Ruela,

ai, contaste mal! São duas as que dançam de olhos fechados e uma que voa de olhos fechados e está pirando por causa de uma imagem (que não encontra por estar de olhos fechados, claro!). Mas estranhíssimo seria que nada destas coisas acontecessem por aqui :P

E não estranhas o meu texto???? Ora bolas! :))))

Vertigo disse...

E eu ri-me com o Ruela :P

Um beijo*

Morgana La Folle disse...

Bem-vinda, Vertigo :)

*

O BAR DO OSSIAN disse...

O Bar agradece o apoio! Para a semana abrimos as portas...

Dark kiss.

Klatuu Niktos, Lord of Erewhon

Blood Tears disse...

Ai como eu gosto da chuva... A doida aqui por vezes vai para o quintal quando está a chover torrencialmente, só para sentir... E fico exactamente como descreves, braços abertos, olhos fechados....
lol

Mas realmente, chove onde nós queremos, e o ritual da chuva deve ser privado, lol, para não virem intrometidos....

Ai os incensos.... Tem piada, que normalmente para escrever, ou eu me lembro de alguma coisa e vou à procura do emu caderninho para rabiscar, ou vou para o quarto, acendo as velas, acendo o incenso e ponho música.... E a maior parte das vezes sonho acordada... :D Tão bom!!!

Dark, Bat and Blood Kisses eheheh

Morgana La Folle disse...

Klatuu & Lord of Erewhon,

que bom! :)
Estou a gostar tanto de ver (re)nascer aquele Bar. Ali a Fata Morgana não vai guardar silêncio, esteja folle ou não.

Dark kiss


---------------------


Blood Tears,

Já vi que partilhas alguns gostos comigo e com a Bia!

A chuva... Tenho uma grande cumplicidade com ela.

Dark kiss

João Norte disse...

A comunhão com a natureza. O simbolismo fértil da mulher/chuva, elemento húmido onde tudo se gerou.
Este poema é mesmo próprio da Fata.

Alisson da Hora disse...

Doce prosa, envolvente, evocadora de coisas tão afins ao meu espírito... adorei...
(não sou de fazer o "social", mas linkei-te ao meu blog, sim?)

beijos grandes

a.h.

biazinha disse...

Apesar d'eu ser muito solar(não gosto de pegar sol pra me bronzear não, porém dias ensolarados carregam em si astral e energia boas), a chuva é essencial e belíssima. Falta de chuva deixa-me de extremo mau-humor. Adoro ver a tempestade, - estando dentro de casa, - pois fora do meu lar tenho até medo. A chuva sempre fertiliza minhas idéias e quando banho-me nela sinto meu corpo mais leve.
Beijos.

PS: A Bat agradeceu-te. Conseguiu a imagem ontem à noite.

biazinha disse...

PS:Conheces os site olhares? Excelente site de fotografias, se quiseres passo-te o link, caso tu não conheça. Todavia, consegui uma boa imagem no Domínio público que há obras de toda espécie de arte.

Morgana La Folle disse...

João Norte,

sim, a mãe-madrasta sempre me encantou!

-------------------

Alisson da Hora,

obrigada e bem-vindo!

(eu sei, és taciturno)

Beijos e até breve.

-------------------

Bia,

Não conheço o "Olhares", podes deixar o link e obrigada!

Sente-se que és solar, mas não me admiro que aprecies a chuva e que ela te falte, se tarda. Isso é por seres ligada aos elementos, o que também se nota. :)

Ainda bem que a Bat encontrou a imagem que procurava. Daqui a pouco vou espreitar que Hipérbole ou Insanidade terá a talentosa morcega postado hoje!

Beijos para ti.

bat_trash disse...

Exato, ela passou a ser sua melhor companhia, falar com o espelho é falar consigo tanto no sentido literal quanto no anímico.
A imagem da narrativa minimal é do Di Cavalcanti. Conheci-o através do Klatuu anteontem, enviou-me esta imagem para o poemão que será postado amanhã. Poemão mesmo, nunca fiz um tão longo:63 versos. Eu havia o feito para postar no Bar de Ossian, mas parece-me que ele não gostou do tal poema pro blogue. O tema será emigração.
Bat Kiss.

PS: Levei mais de dois meses para fazer o tal poema.

Morgana La Folle disse...

Quero ver esse poemão, Bat! :)

mariazinha disse...

Vim aqui relaxar um bocadinho a ouvir o vento... :)

Morgana La Folle disse...

Mariazinha!

Até que enfim alguém menciona o vento!
E do uivo dos lobos, gostas? Eu adoro lobos, acho o animal mais bonito do planeta...

Mas o corvo é o meu totem. Eu queria ser lobo.

Obrigada :)***

biazinha disse...

Acho os lobos lindíssimos,porém, os respeito. Gosto muito de uma raça de cão que bem parece com lobo; se não me engano é Manto Negro. Fiz até amizade com um, só descobri que ele era brabo porque a sua dona me disse, pois comigo sempre um doce.
Ainda nos assunto de raça de cães também gosto de Chow Chow, parece filhote de leão.
O vento canta, o vento uiva...tanto tem o poder de limpar a sujeira das nuvens como de procriar tempestades.
Beijos.

PS: Entendo a revolta da Bat, que seria a minha se eu ainda tivesse blogue. Todas as pessoas da tribo merecem essa mensagem de apreço que ele enviou pela adesão ao Bar de Ossian , mas ela também merecia.

mariazinha disse...

Os lobos são lindissimos, e muito injustiçados pelos escritores de histórias infantis. Dos corvos também gosto. Infelizmente ainda não descobri qual é o "meu" animal. Aguardo a minha "epifaniazinha" ;p

Mas o vento... esse fala-me tanto ao ouvido!

Beijos***

0.04 disse...

lânguida a fotografia

Morgana La Folle disse...

Bia,

o meu sonho é ter um amigo lobo. Tenho uma Amiga que tem um cão muito parecido com um lobo, arraçado de Husky siberiano. É o meu amigo ICE! Tem um olho azul outro verde, é branco e enorme, e tem mesmo cara de lobo.
O ICE não é agressivo, mas também não é muito dado. Nunca recebe bem uma visita à primeira. No dia em que o conheci, assim que olhei para ele, baixei-me a preparei-me para o abraçar - era tão lindo! - e a minha Amiga ia dizer "cuidado, ele não costuma ser..." mas calou-se porque o cão e eu estávamos de cabecinhas encostadas :)
Dormi em casa dela 3 noites. O ICE foi sempre deixar-me o osso dele no quarto, mesmo juntinho à cama (rosnava que nem louco sempre que alguém lhe tocava no osso, mas sem que alguém pudesse explicar o motivo, partilhava-o comigo), e várias vezes durante a noite acordei com umas lambidelas muito meigas no pescoço, mesmo na covinha onde começa a nuca, sabes? Porque eu dormia voltada para a parede e ele, educado, não saltava para cima da cama, senão às tantas tinha-me lambuzado a cara :))

Beijos, Bia.

PS. Diz à Bat que aguarde a explicação do Amigo dela... Ele não a esqueceria, tem de haver uma explicação :)

-----------------------

Mariazinha,

pois são injustiçados! Que raio de mania parva a do "lobo mau" :(

Gosto de coisas como essa que disseste: o vento "fala-te" ao ouvido. Muito bonito. E só acontece porque tu o ouves!

Beijos**

-----------------------

0.04,

um pouco, sim.